O que podemos aprender com o Waze para as sazonalidades de 2021?

2021 chegou e parece que estamos vivendo uma versão atualizada de 2020. Assim, algumas perguntas em relação ao mercado ainda permanecem, principalmente no momento de agravamento da pandemia no Brasil. Afinal: O que a pandemia e o distanciamento modificam nas sazonalidades?

E ainda, neste momento, quais fatores influenciam a decisão de compra do consumidor? Como as pessoas estão se comportando em lojas físicas? Elas ainda procuram por um atendimento presencial? E qual o papel do on-line nesse contexto? 

Essas perguntas foram respondidas pelo Waze, de acordo com dados de comportamento coletados durante o ano de 2020 e que podem direcionar o melhor caminho para os negócios em 2021. 


Compras em lojas físicas aumentam nas sazonalidades

Com o baixo movimento de pessoas nas ruas devido ao isolamento social, os dados de navegação do Waze sofreu uma queda muito considerável, o que trouxe o questionamento se o consumo se tornaria, de uma vez por todas, totalmente digital.

Mas a realidade é que os dados mostraram que, neste cenário, o consumo on-line e off-line se uniram. 

A retomada às lojas físicas ocorreram em datas sazonais, como Dia das Mães, Dia dos Namorados, Black Friday e Natal. Na Black Friday, inclusive, houve aumento nos dados de navegação no aplicativo Waze de 105%, ultrapassando os dados referente ao período antecedente à pandemia.

O setor que mais movimentou essa navegação rumo às lojas físicas foi o varejo consolidado, como Shoppings, lojas de departamento, varejistas de moda, esportivos, alimentar, lojas de móveis e Hardware Stories.

Você consegue imaginar o motivo do varejo consolidado ter se dado melhor nessa retomada? 

O motivo é o comportamento do consumidor que, isolado dentro de sua casa, viu seu lar assumir novos papéis, como escritório, creche, escola. Isso gerou mais demanda para lojas de móveis e hardware stories, por exemplo.

Você deve estar se perguntando: Mas onde entra o on-line e off-line dentro dessa estrutura? 


A omnicanalidade veio para ficar

Em 2020, as compras on-line representaram 12,6% das vendas no país. As compras em lojas físicas continuaram relevantes. 

Por isso, segundo o Waze, a omnicanalidade é uma tendência forte em 2021 e cabe às marcas ajudarem os consumidores a irem às lojas físicas de forma mais segura e bem informada. 

Omnicanalidade significa trabalhar com estratégias multicanais, ou seja, conteúdos entre canais que as organizações usam para melhorar a experiência do usuário e conduzir de maneira melhor e mais eficaz, relacionamentos com seu público, em todos os pontos de contato possíveis. 

Portanto, ser uma empresa omnichannel significa que sua empresa tem uma comunicação que atua de forma linear em todos os canais, sejam em sites, aplicativos, redes sociais, TV, rádio, lojas físicas.

Como sabemos, com a mudança no comportamento do consumidor, que busca a possibilidade de inúmeras experiências, é fundamental entender que o digital e o presencial se complementam. 

Ao oferecer opções híbridas de compra (on-line e off-line), você também oferece mais conveniência e comunidade para os consumidores, e isso vai ser cada vez mais relevante em 2021.

O Waze, após analisar os dados obtidos de acordo com o comportamento dos usuários no ano passado, sugeriu estratégias que podem trazer mais segurança e conveniência para o consumidor: 


1 - Estimule a compra antecipada

Estimular as pessoas a adicionar a antecipação em sua rotina já é realidade. As pessoas estão procurando praticidade, agilidade e lugares vazios. 

Portanto, destacar a antecipação nas suas ofertas pode estimular a compra por conveniência. 

Segundo o Waze, em 2020 as antecipações de compra tiveram menos picos nas compras de fim de ano, como Black Friday e Natal, comparado ao ano de 2019. 



2 - Garanta a Omnicanalidade para seus consumidores

O modelo de compra “pague e retire na loja” tem ganhado a preferência dos usuários. Isso devido ao custo do frete, que muitas pessoas não estão dispostas a pagar ou esperar pela entrega. 

O Waze oferece uma funcionalidade de mídia nativo e integrada à navegação do aplicativo que funciona como uma fachada online da loja do anunciante. 

É um exemplo perfeito de uma estratégia omnichannel, pois também destaca no mapa e na busca do aplicativo as lojas com drive-thru e pontos de retirada mais próximas. 


Confira esse vídeo sobre como a Araújo e a Petz utilizaram o Waze para manter as vendas na pandemia: 


3 - Compras de última hora: conveniência, segurança e menos contato


Para ajudar o público que vai às lojas físicas a evitar contato e ter mais segurança na pandemia, o Waze oferece o recurso Location Personalities, e as marcas podem utilizar para comunicar quais serviços e facilidades estão oferecendo, seja no pagamento ou para informar horários especiais de funcionamento. 

Confira esse vídeo de como o Mc Donald’s transformou a experiência do consumidor utilizando essa funcionalidade.



A Alpes.One oferece o Alpes Trends, um serviço exclusivo para criação de campanhas com foco em geração de leads em múltiplas plataformas, incluindo o Waze. E ainda disponibiliza a análise automatizada dos resultados num sistema único de integração. 

E o mercado automotivo? Como está lidando com tantas mudanças? Será possível utilizar uma estratégia omnichannel nesse setor? 

O mercado automotivo pode ser um dos mais favorecidos com estratégias multicanais, já que estamos falando de um produto que, para muitas pessoas, é essencial o contato físico para a decisão de compra.

O que também não exclui a possibilidade de vender carros on-line. Veja nesse artigo como a digitalização está afetando o mercado de automóveis. 


Referência:

MADEIRA, Luiza. Recalculando rotas: aprendizados do Waze para as sazonalidades de 2021. Janeiro de 2021. Disponível em: <https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/estrategias-de-marketing/apps-e-mobile/recalculando-rotas-aprendizados-do-waze-para-sazonalidades-de-2021/>. Acesso em: 24/03/202

omnichannel estratégias omnichannel multicanais compras on-line compras presenciais waze anúncios no waze

31 Mar 2021

Compartilhar:

Anterior

Próxima